NOTÍCIAS / Sociedade

  • Sociedade - Publicada em 05/02/2021

Morre Salazar Barreiros, ex-prefeito de Cascavel

Ele tinha 81 anos e morreu na manhã desta sexta-feira, dia 5, vítima de uma infecção após cirurgias na coluna

Leia também:

Uma vida que valeu cada dia

FAEP lamenta o falecimento de Herbert Bartz, pioneiro do plantio direto

Governo do Estado cancela ponto facultativo no Carnaval



Por: Assessoria
Notícia atualizada em 05/02/2021

O ex-prefeito de Cascavel, no oeste do Paraná, Salazar Barreiros morreu na manhã desta sexta-feira (5), aos 81 anos. Segundo a família, ele estava internado em um hospital e não resistiu a complicações de uma infecção após uma série de cirurgias na coluna. De acordo com a família, o velório será realizado na Capela Master da Acesc, das 13h às 17h, com o sepultamento previsto para 17h no Cemitério Jardins. Natural de Getulina, no interior paulista, Barreiros foi prefeito do município por dois mandatos, de 1989 a 1992 e depois entre 1997 e 2000, além de também se destacar na cidade como líder cooperativista.

Homenagens
No município, o atual prefeito da cidade, Leonaldo Paranhos (PSC), declarou luto oficial de três em Cascavel. “O ex-prefeito Salazar Barreiros foi um gestor comprometido com a cidade e um exemplo de homem público. Com certeza seu legado não será esquecido jamais. Rogo a Deus que conforte a família e os amigos nesse momento de dor”, afirmou Paranhos.

A Coopavel, que foi presidida por Salazar Barreiros, emitiu nota afirmando que "cooperados, colaboradores e parceiros da Coopavel lamentam profundamente o falecimento de Salazar Barreiros." Para Dilvo Grolli, atual presidente da Cooperativa, "Salazar foi presidente da Coopavel em um dos períodos decisivos da história da Coopavel. Com liderança forte, sabedoria e dedicação, Salazar contribuiu para o início de um novo tempo na história da Coopavel. Advogado, agropecuarista e homem público, Salazar Barreiros deixa um grande legado à comunidade de Cascavel e região", afirmou.

Pelas redes sociais, o filho Salazar Barreiros Júnior lamentou a morte do pai e ressaltou o legado do ex-político. "O legado mais importante que os pais podem deixar é o exemplo: fé , trabalho incansável, solidariedade e exemplos vivos nos moldam e contagiam, multiplicando a vida em filhos e netos. A fé nos fortalece na certeza de que podemos mudar e transformar o mundo que nos cercas. Meu pai vive e continua a animar a vida de todos que puderam partilhar de sua motivação incansável. Mesmo com o corpo abatido pelos anos não esmoreceu ante as adversidades. Vive e pulsa, assim como Dona Idalina e meu irmão Lourenço, que o recebem nesta passagem para vida eterna", publicou.
Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos site. Ao visitar nosso portal, você concorda com esse monitoramento e com nossa Política de Privacidade.